• А
  • Б
  • В
  • Г
  • Д
  • Е
  • Ж
  • З
  • И
  • К
  • Л
  • М
  • Н
  • О
  • П
  • Р
  • С
  • Т
  • У
  • Ф
  • Х
  • Ц
  • Ч
  • Ш
  • Э
  • Ю
  • Я
  • A
  • B
  • C
  • D
  • E
  • F
  • G
  • H
  • I
  • J
  • K
  • L
  • M
  • N
  • O
  • P
  • Q
  • R
  • S
  • T
  • U
  • V
  • W
  • X
  • Y
  • Z
  • #
  • Текст песни Till Bronner Feat. Vanessa Da Mata - O Que Sera

    Исполнитель: Till Bronner Feat. Vanessa Da Mata
    Название песни: O Que Sera
    Дата добавления: 12.10.2014 | 22:34:34
    Просмотров: 193
    0 чел. считают текст песни верным
    0 чел. считают текст песни неверным
    На этой странице находится текст песни Till Bronner Feat. Vanessa Da Mata - O Que Sera, а также перевод песни и видео или клип.
    O que será que será
    Que andam suspirando pelas alcovas
    Que andam sussurando em versos e trovas
    Que andam combinando no breu das tocas
    Que anda nas cabeças, anda nas bocas
    Que andam acendendo velas nos becos
    Que estão falando alto pelos botecos
    Que gritam nos mercados, que com certeza
    Está na natureza, será que será
    O que não tem certeza, nem nunca terá
    O que não tem conserto, nem nunca terá
    O que não tem tamanho
    O que será que será
    Que vive nas idéias desses amantes
    Que cantam os poetas mais delirantes
    Que juram os profetas embriagados
    Que está na romaria dos mutilados
    Que está na fantasia dos infelizes
    Que está no dia-a-dia das meretrizes
    No plano dos bandidos, dos desvalidos
    Em todos os sentidos, será que será
    O que não tem decéncia, nem nunca terá
    O que não tem censura, nem nunca terá
    O que não faz sentido
    O que será que será
    Que todos os avisos não vão evitar
    Porque todos os risos vão desafiar
    Porque todos os sinos irão repicar
    Porque todos os hinos irão consagrar
    E todos os meninos vão desembestar
    E todos os destinos irão se encontrar
    E o mesmo Padre Eterno que nunca foi lá
    Olhando aquele inferno, vai abbençoar
    O que não tem governo, nem nunca terá
    O que não tem vergonha nem nunca terá
    O que não tem juízo
    O Que será Que será
    Que Андам suspirando pelas alcovas
    Que Андам sussurando EM versos электронной trovas
    Que Андам combinando не Краткое дас tocas
    Que Anda NAS cabeças , Анда NAS Бокас
    Que Андам acendendo Velas NOS Becos
    Que estão falando альт Pelos botecos
    Que gritam NOS MERCADOS , Que ком certeza
    Está на Natureza , сыворотки Que será
    O Que não ма certeza , нэм Nunca TERA
    O Que não ма conserto , нэм Nunca TERA
    O Que não ма tamanho
    O Que será Que será
    Que Vive NAS Ideias Desses AMANTES
    Que cantam OS Poetas Mais delirantes
    Que juram OS profetas embriagados
    Que está на Ромария DOS mutilados
    Que ЭСТА на фантазия дос infelizes
    Que не ЭСТА нет диа-сечения, диаметр дас meretrizes
    Нет плоско -дус- Bandidos , DOS desvalidos
    Em ToDos OS sentidos , сыворотки Que será
    O Que não ма decéncia , нэм Nunca TERA
    O Que não ма Ченсура , нэм Nunca TERA
    O Que não FAZ Sentido
    O Que será Que será
    Que Todos ОС авизо não ВАО evitar
    Porque Todos ОС Risos ВАО desafiar
    Porque Todos ОС Синуш IRAO repicar
    Porque Todos ОС hinos IRAO consagrar
    E Todos ОС Meninos ВАО desembestar
    E Todos ОС destinos IRAO себе encontrar
    Е о mesmo Padre Eterno Que Nunca о свободе информации lá
    Olhando aquele ад , вай abbençoar
    O Que não ма Governo , нэм Nunca TERA
    O Que não ма Бергонья Нем Nunca TERA
    O Que não ма juízo
    Опрос: Верный ли текст песни?
    ДаНет